Não Espectador

ir-embora

O anseio em mudar de cidade, de emprego, de amigos, vem me consumindo intensamente. Pra ser sincera, não tenho pensado muito em outra coisa a não ser ir embora daqui. Eu gosto de Natal, dos meus amigos, porém esse espírito cigano sempre me acompanhou e creio que com o passar do tempo, com a “adultice”, tornou-se maior essa sensação de que a vida passa e eu estou aqui parada, que nada está se transformando, ao menos não como eu gostaria.

Ainda hoje, divagando sobre isso, já havia decidido respirar só filmes e TCC enquanto aguardo que a vida me carregue para outro lugar, mas eis que uma volta de ônibus me fez repensar tal decisão.

O ônibus que eu volto da faculdade faz um trajeto que dá um giro pela praia, mas nem sempre pego ele por fazer esse retorno. Enfim, hoje eu peguei. Daí que exatamente ali, olhando pro mar da janela do busão que, em meio aos meus devaneios, tudo mudou – bem, tudo não, mas eu sou pisciana e exagerar é o meu lema. Eu percebi que apesar de ser a quinquagésima vez que via a praia de Ponta Negra, não importava. Eu sempre vou me impressionar com a beleza da vista e em algum segundo vou fechar os olhos e só sentir a brisa tocar meu rosto. No toque da brisa eu me dei conta de que por mais cansada que eu esteja, por mais que existam outros lugares a se conhecer, aqui ainda há muito a se (re) descobrir.

Que “ok” eu querer ir me jogar na z0e1r4 v1d4 l0k4 da “cidade grande”, mas até que isso aconteça não preciso me resumir ao que eu já sou daqui. Essa cultura vasta e simples aqui da terrinha ainda pode me acrescentar em muito do que eu vou ter que levar na bagagem quando partir. Então, adeus à ideia de ficar trancada dentro de um quarto e vamos explorar la vida loca potiguar e todas as suas sutilezas e discrepâncias.

Seguindo o que minha amiga Myrianna faz no blog dela “Perto, Distante”, escrevi esse post ao som da música “Não Espectador” da banda Androide sem par.

Anúncios

2 comentários sobre “Não Espectador

  1. Ai Ligy, tão meu esse seu sentimento… Mas é como você disse, o dia vai chegar e até lá vou aproveitar muito, afinal, não tô fugindo de nada.
    Xêro!!! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s