Ciúme e amor: parceiros ou inimigos?

– Ciúme é prova de amor!

ciumes_0

Quem nunca ouviu isso, não é mesmo? Por muito tempo eu acreditei nessa afirmação. Achava que era algo natural sentir isso, mas sem os exageros que decorrem desse sentimento. Nunca fui do tipo de pessoa de fazer barraco por causa de ciúmes.

Porém, já faz alguns anos que venho pensando diferente e recentemente comecei a ler muito Regina Navarro o que tem me ajudado a desconstruir essa ideia de que ciúme é algo natural e necessário. Se formos a fundo no que o ciúme significa iremos perceber que ele nada tem de saudável.

Pare para pensar e analise todas as vezes em que você sentiu ciúme na sua vida. O que acarreta o ciúme? Medo de que alguém roube uma pessoa que está com você; medo de perder essa pessoa, de ser rejeitada por outro e muitas outras coisas podem passar na nossa cabeça quando sentimos ciúmes de alguém.

O ciúme envolve uma espécie de ansiedade de abandono particularmente debilitadora. Para superar os crescentes sentimentos de impotência, o ciumento se esforça por sufocar o outro e manter-se por perto. – Regina Navarro

Se eu quero manter o outro por perto e não quero perdê-lo é porque no fundo eu acredito que essa pessoa é minha, me pertence. E se é assim, é como se a outra pessoa fosse minha propriedade. Você já se imaginou sendo PROPRIEDADE de alguém? Espero que não e se teve essa sensação, espero que tenha saído correndo. Ninguém quer se sentir um objeto. Ninguém quer ter a sua liberdade individual abalada, desrespeitada, não é mesmo?

Outro problema muito sério decorrente do ciúme é a proliferação de atos violentos decorrentes desse sentimento. Homens e mulheres são agredidos por companheiros/as ciumentos; têm seu cotidiano modificado e sua liberdade tolhida. Quantas mulheres não são assassinadas por ex-namorados ou ex-maridos que não aceitam o fim e nem que elas estão em novos relacionamentos? Uma amiga de infância da minha irmã foi assassinada aos vinte e poucos anos pelo ex-namorado que não aceitou que ela estivesse namorando com outra pessoa. Um absurdo!

O-ciúme-destrói-o-amor

Então porque insistimos em ter ciúmes? Por que bradamos aos quatro ventos que amor sem ciúme não é amor? Por que perpetuar essa ideia de possessividade com outra pessoa?

Eu nunca me considerei muito ciumenta. Na verdade o meu problema é a falta de honestidade nos relacionamentos. Já faz muito tempo que acredito que em um relacionamento existe a possibilidade dos envolvidos se interessarem por outras pessoas. Isso já aconteceu comigo e me fez sentir uma ET. Mas não tem nada disso. A monogomia é uma situação imposta como a ideal, mas não é. Se assim fosse não teríamos tantos números e estudos sobre traição.

Trair nada mais é do que quebrar esse acordo de monogamia. E o pior, com mentiras e joguinhos que alimentam esse sentimento de ciúme e nunca traz nada construtivo em uma relação.

Se tivermos em mente que o outro não nos pertence, desconstruindo o sentimento de ciúme, poderemos ter relações muito mais honestas e saudáveis. Não ter ciúmes é uma atitude fácil? Não mesmo. Venho desconstruindo isso a pelo menos uns três anos e ainda tenho umas recaídas, de vez em quando. Mas é um sentimento que vem e passa, pois tenho consciência de que nada de bom vem com ele.

Se tivermos a noção de que o outro não é nossa propriedade as coisas se descomplicam. O medo de perder alguém que amamos se dissipa. O que conecta as pessoas em um relacionamento é o sentimento de carinho e amor, de nada adianta achar que ele ou ela é nosso e não irá embora. A qualquer hora esse dia chega e a frustração será uma certeza. Amar livremente é sempre o melhor caminho. Facilita e muito os processos de rupturas.

1239643_719968141354093_892990846_n

Pra mim, ciúme nunca foi e nem será uma prova de amor. Ao contrário, é prova de que estou sendo vista como propriedade de alguém; como reflexo da falta de diálogo no relacionamento, falta de honestidade. Então, ciumentos, desprendam-se desse sentimento e vivam amores sinceros e mais felizes. Respeitem a liberdade do outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s